Antônio Carlos Mota

Tiroteio em frente ao Santander em Recife.

Uma pessoa morreu nesta quarta-feira, dia 14, depois de tiroteio em frente à agência do Santander na Sete de Setembro, em Recife. Dois motoqueiros tentaram assaltar um cliente, que ia ao banco efetuar um depósito com malote.

O cliente resistiu e houve troca de tiros. Um deles acertou um transeunte, que morreu na hora. A vítima, Antônio Carlos Mota, era presidente da Escola de Samba Unidos de São Carlos, de Afogados.

O fato aconteceu um dia depois do assalto à agência Dantas Barreto do Bradesco, ocorrido no horário de almoço, quando apenas um vigilante fazia a segurança no local, descumprindo a lei federal nº 7.102/83.

Entre as medidas sugeridas pelo Sindicato para integrar o projeto de Lei sobre segurança bancária que tramita na Cãmara Municipal está a exigência de câmeras filmadoras, tanto na área interna como na área externa da agência.

Seec-PE