Inss–protesto–mulhers

Agências do INSS no Recife adotam atendimento digital para tentar reduzir tempo de espera

INSS Digital começa a ser implantado nesta segunda-feira (26), em duas agências na área central e na Zona Norte.

Duas agências do Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS) no Recife adotam, a partir desta segunda-feira (26), um novo modelo de atendimento: o INSS Digital. Começam a receber requerimentos por meio da internet a Unidade Capacitadora de Atendimento (Unic@), na Avenida Mário Melo, em Santo Amaro, na área central, e a sede da instituição em Casa Amarela, na Zona Norte. A meta é reduzir o tempo de espera dos beneficiários que utilizam os serviços presenciais.

O novo modelo transforma a tramitação de processos em papel para a plataforma digital. Com o INSS Digital, a distribuição deles será feita de forma eletrônica de uma unidade para outra.

A unidade capacitadora é uma espécie de escola que funciona de forma integral. Lá, os profissionais analisam e concedem benefícios, ao mesmo tempo em que os servidores são treinados.

O projeto do INSS Digital prevê, ainda, a implantação de parcerias entre o Instituto e organizações públicas ou privadas. A ideia é facilitar o acesso aos serviços.

Podem fazer convênio com o INSS entidades como sindicatos, associações e conselhos profissionais, empresas, prefeituras, entre outras. Com isso, o segurado vinculado a uma dessas organizações pode fazer o pedido de benefício diretamente na entidade, sem precisar ir a uma agência do INSS.

Os processos relativos a essas parcerias são enviados de forma eletrônica para os polos de análise. Essas unidades trabalham exclusivamente com requerimento eletrônico e que funcionam nos espaços internos administrativos do INSS nos estados.

Desde o início do projeto, no ano passado, 587 agências do INSS adotaram o INSS Digital em todo país. Ele foi testado, inicialmente, em agências da Gerência-Executiva Mossoró e depois expandido para outras regiões.

Por G1 PE – Em